Mulher é sequestrada e estuprada por falso policial nos Jardins

10/10/2017 às 19h10

A Polícia Civil de São Paulo faz buscas para localizar um homem que, na sexta-feira passada, 6, se passou por um falso policial federal para render uma mulher, entrar em seu carro, circular com ela pela cidade durante três horas e, nesse período, estuprá-la e fazê-la sacar R$ 3 mil de um caixa eletrônico.

A mulher foi rendida quando saía de um supermercado na Rua Augusta, na região dos Jardins, área nobre da capital paulista. O homem estava esperando o carro sair do estacionamento e, do meio da rua, encostou o falso distintivo para a mulher, que achou se tratar de um policial de verdade e abriu o vidro. O homem a convenceu a abrir a porta. Foi quando ela foi rendida. 

O delegado seccional da região Centro, Marco Antônio de Paula Santos, afirmou que as investigações "estão avançadas" e que, por isso, preferia não dar detalhes sobre o caso, para não atrapalhar a captura do criminosos. Também não deu nenhum detalhe sobre a vítima, fortemente abalada após a agressão.

Nesta terça, depois que grupos de WhatsApp começaram a espalhar a história, mais mulheres começaram a contar relatos de supostas abordagens mal sucedidas que teriam ocorrido, na mesma região, por um homem que também teria um distintivo nas mãos. 

O delegado, entretanto, afirma que não há informações na Polícia Civil de outras vítimas.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também