Construção das 328 casas do conjunto Dorival Inocêncio continua indefinida

Segundo presidente da Associação Pró-Moradia, a documentação está certa, mas é preciso o Ministério das Cidades autorizar o começo das obras

12/8/2017 às 04h30

Ainda não há data prevista para o começo das obras de construção das 328 casas do conjunto habitacional Dorival Inocêncio, no Jardim Brasilândia, em Dracena. A informação é do presidente da Associação Pró-Moradia Popular da Alta Paulista, Domingos Prates do Nascimento.

De acordo com Nascimento, o impasse político no governo federal em Brasília (DF), vinha dificultando a autorização para o começo das obras. “Agora que o presidente Temer não deve mais deixar a esperança é que o Ministério das Cidades, autorize logo o começo das obras com a liberação dos recursos”, informa Nascimento.

O presidente da Associação reitera que está buscando agendar audiência no Ministério das Cidades para conseguir a autorização das obras. O conjunto habitacional, de acordo com Nascimento, será construído pelo Programa Minha Casa, Minha Vida- Entidades, por isso os recursos devem ser liberados pelo Governo Federal por meio do Ministério das Cidades.

O valor da obra está orçado em cerca de R$ 25 milhões. A maioria dos proprietários que adquiriu terrenos para a construção das casas aguarda as moradias há cerca de 13 anos.

Nascimento afirmou ainda que é importante a presença de mutuários do conjunto junto com ele, quando for marcada a audiência no Ministério, em Brasília. “Todos os documentos estão em ordem e aprovados, o que falta é o Ministério dar a ordem de serviços, autorizando os recursos para começarem as obras”, declara.

PREFEITURA – O secretário municipal de Desenvolvimento Econômico, Habitação e Trabalho, Divanir Ledo, reiterou que o Executivo assim como a Câmara estão empenhados para que o projeto do Dorival Inocêncio seja selecionado o mais rápido possível pelo Ministério das Cidades e o recurso para a construção das casas venha a ser liberado.

O secretário explica também que o programa habitacional o qual o Dorival Inocêncio está inserido é destinado especificamente para entidades como a PróMoradia e à Prefeitura cabe oferecer o apoio.

Ledo ressalta que há uma demanda muito grande no Ministério para o programa de construção de moradias por meio das associações ,como o caso de Dracena.

“O Executivo municipal está acompanhando diariamente o processo, mantendo contatos com deputados em Brasília (DF), no Ministério e na CEF, o objetivo é que o projeto se concretize”, pontua o secretário.

Ledo observa que devido a situação política e econômica em Brasília houve uma parada nos processos de liberação de recursos.

Citou o exemplo de uma seleção que ocorreu em maio pelo programa para as entidades receberem o dinheiro do financiamento de conjuntos habitacionais, mas até agora não houve nenhum pronunciamento a respeito de autorização de obras para essas associações.

“Hoje o loteamento está registrado em Cartório e a Associação Pró-Moradia está apta para receber o financiamento para construção dos imóveis”, confirmou Ledo. O secretário conclui prevendo que uma possível autorização para a ordem de serviços da obra do conjunto poderá ocorrer entre o final deste ano e começo de 2018.

A maioria dos donos dos lotes onde serão construídas as moradias paga aluguel e necessitam das casas.

Comentários



  • Regras para comentários

    Não serão aceitas as seguintes mensagens:

    Com conteúdo calunioso, difamatório, injurioso, racista, de incitação à violência ou a qualquer ilegalidade, ou que desrespeite a privacidade alheia;

    Com conteúdo que possa ser interpretado como de caráter preconceituoso ou discriminatório a pessoa ou grupo de pessoas;

    Com linguagem grosseira, obscena e/ou pornográfica;

    De cunho comercial e/ou pertencentes a correntes ou pirâmides de qualquer espécie;

    Anônimas ou assinadas com e-mail falso;

    O Portal Regional:

    Não se responsabiliza pelos comentários dos internautas;

    Se reserva o direito de, a qualquer tempo e a seu exclusivo critério, retirar qualquer mensagem que possa ser interpretada contrária a estas regras ou às normas legais em vigor;

    Não se responsabiliza por qualquer dano supostamente decorrente do uso deste serviço perante usuários ou quaisquer terceiros;

    Se reserva o direito de modificar as regras acima a qualquer momento, a seu exclusivo critério.

Leia também